Porto Alegre/RS cbimbi@terra.com.br

Agende sua consulta

Queimadura solar: o que fazer?

Os riscos de ocorrer uma queimadura solar aumentam a cada ano. Na medida em que os raios ultravioletas se intensificam, a exposição da pele por tempo prolongado ao sol pode afetar a sua saúde, em diferentes graus e consequências. Além da própria queimadura, outro fator que pode ser desencadeado é o câncer de pele. Saiba quais são as principais formas de proteger e cuidar da sua pele neste verão.

Como preservar a pele da queimadura solar no verão

A primeira dica para evitar a queimadura solar, é não ficar exposto ao sol com a pele desprotegida. O melanoma, câncer de pele agressivo, é provocado justamente por queimaduras ocasionais de quem tem a pele clara, e repentinamente se queima.  Além disso, as radiações solares causam danos diretos ao DNA, podendo levar ao câncer de pele.

Outra forma de proteger a pele, durante a temporada de verão, férias e praia, é fazendo uso de camisas, bonés e filtros solares físicos (lembrando que os mais densos são os que mais protegem) e estar atento aos horários onde os raios solares estão mais agressivos, das 10h às 16h. Para quem tem casa na praia, realizar a manutenção e o plantio de árvores também é uma boa maneira de minimizar os efeitos nocivos do sol.

O que fazer quando ocorre uma queimadura solar

Em casos em que a queimadura solar já tiver ocorrido, alguns cuidados são importantes para recuperar a pele, como:

  • Banhos frios frequentes sobre a área atingida;
  • Usar compressas úmidas por 15 minutos;
  • Beber bastante água e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Ao secar, evite esfregar a pele atingida, pois pode romper as bolhas e resultar em uma infecção;
  • Procurar a avaliação de um dermatologista.

Ibuprofeno ou AAS podem ser indicados para reduzir o incômodo da dor e a inflamação. Pomadas de cortisona também podem ser utilizadas na região queimada por três dias, antes da fase de bolhas. Durante o tratamento, use roupas leves do tecido de algodão. De forma geral, em alguns dias a pele recupera-se, mas é recomendável mudar os hábitos para evitar outra queimadura, assim como, ter a avaliação preventiva com um dermatologista de três a seis meses, após a queimadura solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale comigo pelo WhatsApp!
Powered by