Porto Alegre/RS cbimbi@terra.com.br

Agende sua consulta

Câncer de Pele: a importância do diagnóstico precoce

Vanderlei Luxemburgo operou câncer de pele

O técnico Vanderlei Luxemburgo, 67, do Vasco, foi diagnosticado na última semana com câncer de pele no nariz. As três pintas na face do treinador vascaíno passaram por biópsia, onde uma foi considerada maligna. Na terça-feira, 26, Vanderlei passou pela cirurgia para retirada dos sinais e passa bem. Para o sucesso da cirurgia, importante a identificação da doença nas fases iniciais quando as chances de cura chegam perto de 100%. Antes de treinador, Vanderlei foi jogador de futebol, passando várias décadas sob a exposição solar excessiva

Com o início da Campanha Dezembro Laranja, saiba como os raios solares prejudicam e podem afetar a saúde da sua pele, principalmente, a de trabalhadores que exercem suas profissões ao ar livre.

Os riscos da exposição solar excessiva

Assim como esportistas, vários trabalhadores ao ar livre que vemos em aeroportos, no trânsito, trabalhando em postes, fazendas, pesca, silvicultura, reparos nas estradas, segurança pública, construção civil, guias de turismo, entre outros, têm exposição ocupacional de alto nível à luz UV e nas horas em que o sol é mais forte.

A radiação ultravioleta solar é classificada como agente cancerígeno do grupo 1 pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (IARC), portanto, é o maior inimigo dos trabalhadores ao ar livre, mais sujeitos ao câncer de pele originado no trabalho.

 O câncer de pele pode se originar em pintas que modificam de forma, cor e tamanho. A maioria surge onde não existia nada, ou seja: sinais novos. Todas lesões novas, especialmente em áreas de exposição ao sol como face, costas, braços e pernas devem ser avaliadas com especialista. Em fase precoce, o prognostico é ótimo. Mas mesmo canceres de pele mais agressivos, como o melanoma, já estão com novas medicações que ajudam as células imunes e oferecem resultados que não se obtinha antes.

Grupo de trabalho Global Call to Action

Dr. César Bimbi faz parte do Grupo de Trabalho Global Call to Action.

O Dr. César Bimbi faz parte do grupo de trabalho, recém-formado, da Academia Europeia de Dermatologia “Apelo à ação global: acabar com a epidemia de câncer de pele não melanoma em trabalhadores ao ar livre” (Global Call to Action). O grupo vem estabelecendo normas e estatísticas em todo mundo para prevenção do câncer de pele, originado do trabalho e propondo sugestões para ações globais. Na mesma linha de trabalho coordenado por dermatologistas do Institute for Interdisciplinary Dermatological Prevention and Rehabilitation at the University of Osnabrück (iDerm) Spichernstrasse 2-3 10777 Berlin.

Entre algumas das conclusões do grupo está que: “Trabalhadores externos na construção e agricultura, recreação e serviços públicos são expostos a radiação UV solar (UVR) por mais de 75% de suas vidas profissionais. UVR é classificado pela OMS como um cancerígeno do Grupo 1, onde se encontram os agentes mais fortemente indutores de câncer, como o tabagismo, por exemplo”. Junto a isso, os níveis liminares da OMS são excedidos em cinco vezes em muitas profissões ao ar livre, onde o risco do desenvolvimento do câncer de pele aumenta significativamente – até mais de 100%, com cinco ou mais anos de trabalho. Desta forma, a importância de identificação nos estágios iniciais é primordial, pois, do contrário, o câncer leva a uma cronicidade ao longo da vida, com inúmeras lesões.

Dezembro Laranja: prevenção ao Câncer de Pele

O Dezembro Laranja é uma das ações realizadas pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) desde 2014, a fim de alertar a população sobre os riscos e as formas de prevenção do câncer de pele. Neste ano, o objetivo da campanha é atrair a atenção das pessoas à importância de identificar os principais sinais do câncer para seu diagnóstico precoce e, consequentemente, para que os pacientes tenham maiores chances de cura.

É necessário ressaltar que, conforme os dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a cada quatro ocorrências de câncer no Brasil, uma delas é câncer de pele. Além disso, a cada ano, 180 mil novos casos da doença são diagnosticados no país. Esteja atento e cuide da saúde da sua pele. Procure sempre um dermatologista. #sinaisdocâncerdepele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo pelo WhatsApp!