Porto Alegre/RS cbimbi@terra.com.br

Agende sua consulta

Gordura localizada: congelar ou derreter?

Na luta contra as gordurinhas localizadas, duas técnicas, o Coolsculpting e a I-lipo, prometem reforçar o exército a favor do corpo sequinho. Mas elas agem de forma diferente e é preciso saber qual é a mais indicada para você.

Cuidar da alimentação e fazer atividade física são fundamentais para conquistar o corpo do seu sonho, mas nem sempre dão cabo daquela gordurinha localizada, que teima em aparecer na barriga, nos pneuzinhos ou no culote. É aí que entram os tratamentos estéticos. As técnicas mais queridinhas das mulheres são a I-lipo e a criolipólise, conhecida como Coolsculpting. Apesar de o objetivo delas ser o mesmo, os processos são diferentes: um congela as células de gordura e o outro as esquenta. Saiba mais sobre essas duas técnicas imbatíveis.

A CRIOLIPÓLISE é a técnica que utiliza o resfriamento intenso e controlado das células de gordura para destruí-las. A máquina suga a pele de forma que o tecido fique concentrado dentro dela, durante uma hora, nisso o resfriamento é feito de maneira eficaz e segura sem danificar a pele, os nervos, músculos e outras estruturas. Congeladas, as células são percebidas pelo sistema de defesa do corpo como invasoras e as expulsa. Parte da gordura é metabolizada pelo fígado. “Daí a importância de checar a função hepática e os níveis de triglicérides”, adverte Paulo Barbosa, coordenador do Departamento de Laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O processo é lento, os resultados começam a surgir após 30 dias ou mais.

Ela é indicada para pessoas magras que têm gordura localizada, já para quem tem sobrepeso o método não funciona. O tratamento pode ser dolorido durante e após o procedimento, podendo deixar marcas na pele por alguns dias.

A I-LIPO é a técnica para quem prefere o calor para mandar embora aquela gordurinha chata que insiste em ficar no corpo. O aparelho é composto por placas que emitem laser de baixa freqüência, com o aquecimento acontece o rompimento da membrana das células adiposas, para sua destruição. Essa gordura é transportada pelo sistema venoso e linfático para sua eliminação.

O tratamento com a I-lipo também é indicado para mulheres magras que possuem gordura localizada no abdômen, costas, coxa, glúteos e nas demais regiões afetadas. Porém, também pode ser realizado para melhorar a textura da pele e combater à flacidez corporal. Pode ser aplicado em qualquer tom e tipo de pele. A técnica é não invasiva e indolor. Os resultados são visíveis já nas primeiras sessões, oferecendo excelentes benefícios na redução de gordura e medidas, melhorando o contorno corporal.

Ambas oferecem os mesmos resultados, mas como nenhum tratamento estético faz milagres há uma necessidade de disciplina no tratamento, na alimentação saudável e na prática de exercícios, que em conjunto são poderosos no resultado.

Fontes: revista Boa Forma/abril 14;  blog-midas/corpo-e-rosto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale comigo pelo WhatsApp!
Powered by