Porto Alegre/RS cbimbi@terra.com.br

Agende sua consulta

Existe cura definitiva para acne?

tratamento_para_acne_dermatologista_cesar_bimbi

A acne é um problema comum, que atinge mais de 50% dos adolescentes e uma parcela significativa dos adultos. O seu surgimento está relacionado a diferentes fatores, principalmente individuais, como alterações hormonais e hábitos alimentares. O fato é que, em qualquer idade, a acne acaba provocando desconfortos estéticos que parecem dilemas sem fim, tanto por tratamentos caseiros equivocados, quanto por mitos que interferem na busca por uma análise minuciosa de um dermatologista. Pensando nisso, nós separamos algumas dicas importantes sobre cuidados fundamentais que podem te auxiliar na cura definitiva da acne.
Porque sim, é possível! 😉

Evite tratamentos caseiros

Para quem busca fazer tratamentos em casa, com uso de cremes ou pomadas divulgadas pela TV ou indicadas por terceiros, as notícias não são boas! Infelizmente, esse tipo de “cuidado” pode piorar a situação da sua pele, aumentando as lesões e contribuindo para futuras cicatrizes. O uso de pomadas que não são prescritas por um especialista pode prejudicar e retardar o tratamento, ao invés de resolver a acne. Evite se automedicar (isso inclui cremes, sabonetes e procedimentos caseiros, como limpezas de pele).

Peeling e limpeza de pele podem eliminar a acne?

Os tratamentos estéticos como peeling e limpeza de pele podem contribuir para atenuar a acne, porém devem ser realizados com um tratamento simultâneo. Esses tratamentos de pele ocorrem de forma superficial, o que não resolve de forma definitiva ou profunda. Para isso, o acompanhamento com dermatologista deve ser buscado.

Quando o uso de antibióticos ou isotretinoina é necessário?

Um dos medicamentos mais usados e com resultados seguros para acne é a Isotretinoina (Roacutan). Porém, seu uso deve ser indicado por um dermatologista após avaliação, pois pode apresentar contraindicações de acordo com as características de cada paciente. Além disso, há antibióticos sistêmicos ou tópicos que podem ser boas opções de tratamento. Contudo, o uso inadequado pode levar à resistência bacteriana e agravar o quadro. Desta forma, o uso de antibióticos só é recomendado quando prescrito por um médico!

Chocolate, fritura e maquiagem são os vilões da pele?

Chocolate não influi no surgimento da acne, o açúcar é o problema, assim como alimentação excessivamente proteica, com excesso de carne vermelha, frituras e fast-food, que ajudam a piorar o quadro.

Realize o tratamento pelo tempo indicado

Após a avaliação médica e indicação do tratamento, no primeiro mês já se pode observar uma melhora importante. Porém, se o paciente interromper o tratamento antes de 5 meses, a chance do retorno das lesões é alta.

Tratamentos bem feitos, no tempo certo e com reconsultas mensais, em grande parte resolvem os casos. Além disso, pacientes com cicatrizes e marcas de espinhas podem optar por complementar o tratamento com aplicações de laser, melhorando o tecido e estimulando a produção de colágeno em cicatrizes atróficas (onde falta pele) ou hipertróficas e queloidianas (onde há excesso de pele).

Saiba qual seu tipo de acne, procure sempre um dermatologista

Na grande maioria dos casos, é possível a cura definitiva da acne. Contudo, é sempre bom lembrar que existem vários tipos e um tratamento diferente para cada. Além disso, as indicações são individuais, pois o que pode ter funcionado para um paciente, pode não funcionar para outro. Cabe também ao paciente, quando procurar um dermatologista e realizar a avaliação médica, informar sobre alergias medicamentosas para que, a partir daí, a medicação mais correta seja indicada e proporcione os resultados desejados contra a acne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo pelo WhatsApp!