Porto Alegre/RS cbimbi@terra.com.br

Agende sua consulta

Dermatite seborreica

Dermatite seborreica é uma inflamação na pele que causa, principalmente, descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas e cantos do nariz, couro cabeludo e orelhas. É crônico, com períodos de melhora e piora dos sintomas.

De forma geral, os sintomas da dermatite seborreica são:

  • oleosidade na pele e no couro cabeludo;
  • escamas brancas que descamam – caspa;
  • escamas amareladas que são oleosas e ardem;
  • coceira, que pode piorar caso a área seja infectada pelo ato de “cutucar” a pele;
  • leve vermelhidão na área;
  • possível perda de cabelo.
  • https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/dermatite-seborreica/3/

Esta dermatite pode ocorrer em diversas áreas do corpo. Normalmente, se forma onde a pele é oleosa ou gordurosa, como o couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, vincos do nariz, lábios, atrás das orelhas e tórax.

Qual a causa?

Não é totalmente conhecida, mas tem a ver com situações de fadiga ou estresse emocional, baixa temperatura, álcool, medicamentos e excesso de oleosidade.

A doença é contagiosa?

A doença não é contagiosa e não é causada por falta de higiene. Também não é uma alergia e tampouco é perigosa.  A presença de um fungo chamado  Pityrosporum ovale também pode provocar a doença.

Como fazer  para melhorar?

Consultar, primeiro, com especialista credenciado da lista da sociedade brasileira de dermatologia sdb.org.br. A dermatite tem várias formas de controle e estágios e primeiro deve ser diagnosticada, pois a manifestação clinica se parece com outras doenças de pele, cujos diagnósticos devem ser excluídos.

Muitas outras patologias de pele simulam a dermatite seborreica e um exame clinico detalhado deve ser feito antes de firmar diagnóstico

Alguns cuidados podem ajudar na melhora dos sintomas, como não tomar banhos muito quentes; enxugar-se bem antes de se vestir; usar roupas que não retenham o suor (tecidos sintéticos costumam ser contraindicados para quem tem tendência à dermatite seborreica); controlar o estresse físico e mental e a ansiedade; retirar completamente o xampu e o condicionador dos cabelos quando lavar a cabeça.  

Mudanças alimentares: diminuição de açúcares e frituras, em especial carne vermelha; o excesso de escamas se refere ao colesterol e substancias gordurosas em excesso. Chá verde, cúrcuma e mate moderados diminuem reações inflamatórias e melhoram a vermelhidão.

filtros solares de base AQUA são recomendáveis para portadores de dermatite seborreica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale comigo pelo WhatsApp!
Powered by